Clube Optimus Vinhos Forum Index Clube Optimus Vinhos
Um sonho, nos nossos sentidos
 
 FAQFAQ   SearchSearch   MemberlistMemberlist   UsergroupsUsergroups   RegisterRegister 
 ProfileProfile   Log in to check your private messagesLog in to check your private messages   Log inLog in 

Prova Vertical Quinta do Monte d'Oiro

 
This forum is locked: you cannot post, reply to, or edit topics.   This topic is locked: you cannot edit posts or make replies.    Clube Optimus Vinhos Forum Index -> O Néctar
View previous topic :: View next topic  
Author Message
pbrandao
Site Admin


Joined: 01 Apr 2006
Posts: 1426
Location: Corroios

PostPosted: Fri Apr 28, 2006 4:22 pm    Post subject: Prova Vertical Quinta do Monte d'Oiro Reply with quote

Recentemente, junto com e por iniciativa de uns conhecidos malucos da praça enófila, pude participar numa prova vertical de vinhos da Quinta do Monte d'Oiro. A esses malucos, juntámos mais dois malucos, e no final, 5 malucos com 5 garrafas:

Quinta do Monte D'Oiro Reservas 1997, 1999, 2000, 2001 e Aurius 2001

A prova decorreu, e bem, no restaurante Taverna d'El Rei, no Montijo. A ementa pré-seleccionada, constou de:

-Patê de foie gras com marmelada e redução de Moscatel
-Trouxa de massa grega com cherne e alho françês
-Magret de Pato com Molho agridoce
-Miscelânea de sobremesas

Existe aqui um esforço de louvar em apresentar uma cozinha cuidada, agradável, diferente e com algum estilo, que resulta em boas combinações. Para mim apenas o magret de pato saiu menos conseguido, com um crocante de toucinho e um molho agridoce que não resultavam num conjunto equilibrado (eu retirava o crocante e deixava o magret debater-se com o molho agridoce).

Quanto aos vinhos, foi interessante ver que quase cada provador teve o seu preferido (apenas o Aurius conseguiu ser o preferido de 2 provadores), o Aurius foi o mais consensual, com notas entre os 16,5 e os 17,5, e o 1997 o que menos agradou a mais gente (3 provadores deram-lhe a pior nota). As médias finais foram muito próximas, revelando aqui uma manutenção de qualidade em colheitas sucessivas, e foram também elevadas, denotando vinhos de boa estirpe.
Vou deixar aqui as minhas notas de apreciação, que seguem também para o site do COV assim que possível (não ponho o Aurius porque já o tinha provado e publicado nota de apreciação):

Quinta do Monte d'Oiro Reserva 1997
Veste vermelho escuro, límpido. Aroma em que pontifica a fruta sobrematurada, passa, pimenta, compotas. Na boca espelha o que o nariz já sentiu, com fruto muito maduro, tocado, e notas de especiaria. Final mediano.

Quase 10 anos de vinho, numa primeira colheita deste Reserva que não me agradou por demais. O perfil dos restantes é algo diferente, mas as lembranças de fruto passado deste não me deixam saudades.
16 (média final do painel: 16,4)

Quinta do Monte d'Oiro Reserva 1999
Roupagem límpida, granada. Nariz penetrante e fresco, inicialmente com leve toque alcoólico. Químico, frutos negros, carvão ou grafite em notas minerais. O tempo de copo dá-lhe uma elegância e um charme difíceis de resistir. No palato nota-se ainda alguma rugosidade ao tacto, os sabores são pautados pela mineralidade, pelas resinas, mas também evoluem muito bem com tempo. Boa acidez, termina num longo final.

Para mim, o melhor Reserva da prova. Classe, potência e elegância, tudo junto. Grande vinho.
18 (média final do painel: 16,9)

Quinta do Monte d'Oiro Reserva 2000
Tonalidade vermelho escuro, limpo. Aromas elegantes, complexos, especiados com pimentas e pimentos maduros, fundo balsâmico. Vigoroso no ataque, o tempo torna-o mais dócil e diz que merece a pena esperar para que o vinho possa respirar. Boca de veludo, densa, com as especiarias e a acidez a marcar o compasso, acompanhado pelo fruto vermelho. Bom final.

Um vinho que ainda pode evoluir em garrafa, mas que traz grande prazer de prova já. Decida-se!
17,5 (média final do painel: 16,5)

Quinta do Monte d'Oiro Reserva 2001
Cor vermelho intenso. Aroma de frutas frescas, amoras, framboesas. Cunho da madeira em vernizes e folha de tabaco. Boca de acidez alta, entra amplo e fresco, e saboreiam-se as mesmas sensações que no aroma, com framboesas, tabaco e fumados. Bom final.

A juventude ainda não permite que o vinho se revele em todo o potencial. Não é mal pensado esperar por ele.
17 (média final do painel: 16, Cool

Aurius 2001
17 (média final do painel: 17,1)
_________________
Abraços

PBrandão
Web page com muita bacorada em http://bservices.homelinux.com/cov
NR: é mais o tempo que passa em baixo do que o acessível...
Um cantinho para a conversa em http://cov.s1.bizhat.com
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
Rui Miguel



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 977
Location: Dão, Douro, Alcochete

PostPosted: Fri Apr 28, 2006 4:58 pm    Post subject: Reply with quote

Escusado será dizer que fui um dos malucos. Cool
Uma prova que acima de tudo foi estremamente didáctica, onde se percebeu o fio condutor, ou não, dos vários vinhos da Quinta do Monte D'Oiro que se beberam nessa noite.

Pessoalmente estive perante um perfil que aprecio muito, onde a elegância é a nota dominante. Reconciliei-me com o Reserva 2000. Nota menos positiva para o Reserva 1997. Não deixando de ser um óptimo vinho, estavamos todos à espera de mais qualquer coisa dele, dado que era o único Reserva que nunca tinha sido provado por nenhum dos presentes. Além do mais era o primeiro!

Uma noite memorável que terminou com dois moscatéis Roxos: Palácio da Bacalhôa, Roxo 1996 e Horácio Simões, Roxo 1996. O primeiro foi eleito de todos. Ganhou por KO, tal a diferença de qualidade que mostrou.
Back to top
View user's profile Send private message Visit poster's website MSN Messenger
Jorge Sousa



Joined: 27 Apr 2006
Posts: 50

PostPosted: Fri Apr 28, 2006 11:25 pm    Post subject: Reply with quote

Ora cá está o 3º maluco Razz ...e deixem-me dizer que para malucos, os dois primeiros que se apresentaram fazem jus ao nome.
Primeiro, porque apesar de dizerem umas quantas coisas certas, definitivamente dizem outras tantas de "caixão à cova".
Depois, porque se estes tipos sabem apreciar e avaliar vinho...vou ali e já venho...

Ora se é verdade que:
...As médias finais foram muito próximas, revelando aqui uma manutenção de qualidade em colheitas sucessivas, e foram também elevadas, denotando vinhos de boa estirpe...(Brandão,P.)

e ainda
...um perfil... onde a elegância é a nota dominante...(Massa, Rui M.)

também é verdade que nem tudo foi assim tão "monocórdico".
Apesar de se notarem algumas características qualitativas de base semelhantes, particularmente as que têm a ver com a casta Syrah e a boas madeiras utilizadas nas barricas. Não deixa de ser notório que o resultado final das diversas colheitas, aponta para algumas divergências nos estilos.
O 97 por exemplo, e deixem-me discordar convosco, é um vinho muito mais pujante, generoso na fruta(nariz e boca) e no corpo, do que qualquer um dos outros. A fruta é madura, mas não sobremadura ou até tocada como o Pedro disse. Aliás depois de 9 anos, este vinho ainda apresenta uma frescura, jovialidade e intensidade de aromas muito digna de ser registada. Tomara qualquer dos outros reservas ter esta força de presença, mesmo sendo mais jovens; e não se pense que toda esta "personalidade" é desequilibrada. Pelo contrário há harmonia de conjunto, que se mantém por um longo final de boca(volto a discordar). Pena não ter mais para beber ao longo de mais uns anitos. A minha nota pessoal foi 18 e...Caro Rui, este vinho não foi mesmo nenhuma decepção para mim, ele mostrou o que eu estava à espera...mais se arranjares alguma, troco por 2 de reserva 2000 e ainda te compro para oferecer uma caixa do Moscatel Roxo 96 Horácio Simões... Wink
Já o Reserva 99, para mim tem um perfil contrário ao 97. É menos intenso de aroma, na boca é macio, elegante, equilibrado e de persistência tb longa. Para mim foi o segundo melhor vinho da noite, tendo sido aquele que mais evoluiu num sentido positivo ao longo da prova. Nota pessoal:17
Nas colheitas de 2000 e 2001 o estilo deste vinho volta a mudar. Fiquei com a sensação que se tentaram conjugar os perfiz das duas colheitas anteriores, mas quanto a mim sem um sucesso extraordinário.
O 2001 com aromas mais intensos e complexos que o 2000. Mais "irrequieto" que o seu irmão mais novo, sendo este mais seco, mais rugoso e menos encorpado que o 2001.Ambos me pareceram com ligeiro excesso de álcool.
Notas: 2000-16 e 2001-16,5
O Aurius 2001, cheira e sabe diferente, o que é natural por ter a dominância da T.Nacional. Talvez seja um vinho mais consensual, mas não me entusiasmou sobremaneira. N.P.:16,5
Portanto caros amigos, apetece dizer que aqui há malucos para todos os gostos...
Back to top
View user's profile Send private message
Rui Miguel



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 977
Location: Dão, Douro, Alcochete

PostPosted: Sat Apr 29, 2006 9:07 am    Post subject: Reply with quote

Jorge Sousa wrote:
Caro Rui, este vinho não foi mesmo nenhuma decepção para mim, ele mostrou o que eu estava à espera...mais se arranjares alguma, troco por 2 de reserva 2000 e ainda te compro para oferecer uma caixa do Moscatel Roxo 96 Horácio Simões... Wink


Podemos fazer a troca, mas dispenso o Moscatel Roxo do Horácio Simões, agora se me arranjares o Roxo da Bacalhôa a coisa pia de maneira diferente! Cool

E claro que cada maluco tem os seus gostos, os seus perfis, as suas tendências mais ou menos excêntricas, é por esta razão que o mundo do vinho é tão fascinante, sendo raro encontrar comentários uniformizados.

Foi interessante obervar nessa noite olhar para as caras dos presentes: Uns estavam deliciados com o que tinham à frente, eu estava incluído neste lote, enquanto outros estavam algo indiferentes, assumindo mesmo que não são vinhos que voltariam a comprar.

É a Paixão!
Back to top
View user's profile Send private message Visit poster's website MSN Messenger
pbrandao
Site Admin


Joined: 01 Apr 2006
Posts: 1426
Location: Corroios

PostPosted: Sat Apr 29, 2006 2:07 pm    Post subject: Reply with quote

E a ideia destas provas é mesmo conjugar os gostos diferentes de pessoas diferentes. É aqui que reside uma grande parte do interesse, com as conversas que se desenrolam a partir daí, com cada um a defender a sua "dama". Por isso, eu não digo que discordo das opiniões de nínguem, porque é tudo muito subjectivo variando de gosto para gosto. A repetir certamente, e recomendável a todos os que possam fazer o mesmo com um grupo de malucos amigos Laughing .
_________________
Abraços

PBrandão
Web page com muita bacorada em http://bservices.homelinux.com/cov
NR: é mais o tempo que passa em baixo do que o acessível...
Um cantinho para a conversa em http://cov.s1.bizhat.com
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
Jorge Sousa



Joined: 27 Apr 2006
Posts: 50

PostPosted: Sat Apr 29, 2006 10:41 pm    Post subject: Reply with quote

pbrandao wrote:
...Por isso, eu não digo que discordo das opiniões de ninguém, porque é tudo muito subjectivo variando de gosto para gosto...

Epá não sejas tão politicamente correcto! Razz
O que é que a sobrematuração tem de tão subjectivo. Ou existe ou não existe!
Fruto muito maduro, tocado, Evil or Very Mad ...Desculpa lá, deves ter andado a comer rebuçados de mel antes da prova. Wink
Ou então, baralhaste os copos. Laughing

Já agora, não te caia aí nenhum fruto tocado no prato de peixinho fresco que andas a comer por Peniche. Very Happy
Back to top
View user's profile Send private message
pbrandao
Site Admin


Joined: 01 Apr 2006
Posts: 1426
Location: Corroios

PostPosted: Mon May 01, 2006 9:38 am    Post subject: Reply with quote

A única subjectividade conhecida é a interpretação dos mesmos aromas por pessoas diferentes, cada um com a sua memória olfactiva... e a valorização que cada um dá aos mesmos.
O que vale é que isto começou tudo explicando que era uma prova de malukos!
_________________
Abraços

PBrandão
Web page com muita bacorada em http://bservices.homelinux.com/cov
NR: é mais o tempo que passa em baixo do que o acessível...
Um cantinho para a conversa em http://cov.s1.bizhat.com
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
Jorge Sousa



Joined: 27 Apr 2006
Posts: 50

PostPosted: Mon May 01, 2006 12:28 pm    Post subject: Reply with quote

pbrandao wrote:
A única subjectividade conhecida é a interpretação dos mesmos aromas por pessoas diferentes, cada um com a sua memória olfactiva... e a valorização que cada um dá aos mesmos.
O que vale é que isto começou tudo explicando que era uma prova de malukos!

Sim, cada provador tem a sua memória olfactiva, no entanto a maior parte de nós já tem vários registos(no computador central) de vinhos com sobrematuração, o que trás naturalmente alguma carga de objectividade à avaliação.
A subjectividade dos aromas pode existir ou não, de facto, pela valorização que cada um lhe atribui.
Neste caso alguns malukos acharam que sim, outros que não.
De qualquer forma, quanto a mim a avaliação da existência ou não dessa possível sobrematuração, também é dada por alguns componentes do sabor(boca) e não só pelo olfacto. Que naturalmente pode ter também alguma subjectividade, segundo a interpretação de cada provador.
No entanto, todos estes aspectos em conjunto dão-nos algum grau de objectividade na avaliação da prova.
Espero que na 1ª abordagem aos aromas do reserva 97, não tenham ficado com dúvidas se estavas a cheirar um sumo compal de uva Laughing Wink
Back to top
View user's profile Send private message
pbrandao
Site Admin


Joined: 01 Apr 2006
Posts: 1426
Location: Corroios

PostPosted: Mon May 01, 2006 5:34 pm    Post subject: Reply with quote

Malucos e teimosos nunca andam sozinhos Laughing
_________________
Abraços

PBrandão
Web page com muita bacorada em http://bservices.homelinux.com/cov
NR: é mais o tempo que passa em baixo do que o acessível...
Um cantinho para a conversa em http://cov.s1.bizhat.com
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
Jorge Sousa



Joined: 27 Apr 2006
Posts: 50

PostPosted: Mon May 01, 2006 8:09 pm    Post subject: Reply with quote

Eu diria melhor...malucos e convictos...mas como queiras, isto tudo é subjectivo, como tu gostas de dizer. Cool
Back to top
View user's profile Send private message
Display posts from previous:   
This forum is locked: you cannot post, reply to, or edit topics.   This topic is locked: you cannot edit posts or make replies.    Clube Optimus Vinhos Forum Index -> O Néctar All times are GMT
Page 1 of 1

 
Jump to:  
You cannot post new topics in this forum
You cannot reply to topics in this forum
You cannot edit your posts in this forum
You cannot delete your posts in this forum
You cannot vote in polls in this forum


Powered by phpBB © phpBB Group. Hosted by phpBB.BizHat.com

vShare YouTube Clone Script

Free Web Hosting | Free Forum Hosting | Photo Gallery | FreeMarriage.com

Powered by PhpBB.BizHat.com, setup your forum now!
For Support, visit Forums.BizHat.com