Clube Optimus Vinhos Forum Index Clube Optimus Vinhos
Um sonho, nos nossos sentidos
 
 FAQFAQ   SearchSearch   MemberlistMemberlist   UsergroupsUsergroups   RegisterRegister 
 ProfileProfile   Log in to check your private messagesLog in to check your private messages   Log inLog in 

Revista de Vinhos - Maio 2008

 
This forum is locked: you cannot post, reply to, or edit topics.   This topic is locked: you cannot edit posts or make replies.    Clube Optimus Vinhos Forum Index -> O Néctar
View previous topic :: View next topic  
Author Message
Alentejano



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 1361
Location: Vila Viçosa, Alentejo

PostPosted: Tue May 13, 2008 8:49 pm    Post subject: Revista de Vinhos - Maio 2008 Reply with quote

Já cá anda a Revista de Vinhos do Mês de Maio... mais uma explicação sobre como um determinado pode por sorte ter uma medalha num qualquer concurso.

Destaca-se nas Novidades para a mesa, um branco Vale d´Algares branco 2006, um 100% Viognier com preço de campeão e nota 16,5.

Fala-se dos Vinhos Verdes e do Turismo no Douro, da prova de Rosés, fala-se da prova de LBV, entrevista com José Espírito Santo, fala-se da rega na vinha, e também das Enguias.

Até aqui eu estava a gostar como sempre gostei de todas as edições desta Revista, motivo pela que continuo a comprar.

O caldo entornou completamente no artigo Lançamentos dedicado aos vinhos Azamor. Não que esteja o artigo mal feito mas a calinada total que surge quase no fim do mesmo é de bradar aos céus.
E eu que já invoquei todos os deuses e mais algum.

Leia-se a pérola «A conquista está retratada na entrada de Vila Viçosa, uma povoação próxima.»

Pergunto eu, em que entrada está retratada a conquista de Azamor ? Quem entra em Vila Viçosa não vê nada disso, e apenas e só porque essa conquista está retratada na parede frontal da escadaria do Palácio de Vila Viçosa.
Como senão fosse suficiente ainda se manda a atoarda de chamar a Vila Viçosa de POVOAÇÃO ????
Uma VILA nunca é POVOAÇÃO, uma povoação é constituída por poucas casas, ou seja, uma pequena povoação.

Sinónimos de povoado:

* lugarejo
* vilarejo
* povoação
* aldeia
* aldeola

Penso então que o autor do texto, o Sr. António Falcão, nunca foi a Vila Viçosa, não conhece a importância histórica de Vila Viçosa, nem sequer se informou sobre Vila Viçosa para lhe chamar de «Povoação próxima».

Fica o desafio para que o Sr. António Falcão arranje uma povoação, vulgo aldeia, que seja sede de concelho.

Para se escreverem coisas destas, mais valia estar-se quieto. Lamentável.
_________________
Alentejo uma paixão.
http://copod3.blogspot.com/


Last edited by Alentejano on Tue May 13, 2008 9:49 pm; edited 2 times in total
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website MSN Messenger
Rui Miguel



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 977
Location: Dão, Douro, Alcochete

PostPosted: Tue May 13, 2008 9:03 pm    Post subject: Re: Revista de Vinhos - Maio 2008 Reply with quote

Alentejano wrote:

Destaca-se nas Novidades para a mesa, um branco Vale d´Algares branco 2006, um 100% Viognier com preço de campeão e nota 16,5.


Foi esse que provamos?
_________________
Sem problemas, sem stress. Sempre Cool
http://pingasnocopo.blogspot.com
Back to top
View user's profile Send private message Visit poster's website MSN Messenger
Alentejano



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 1361
Location: Vila Viçosa, Alentejo

PostPosted: Tue May 13, 2008 9:06 pm    Post subject: Reply with quote

Exactamente... só que a garrafa não tinha rótulo... prova cega Cool

Não te esqueças que provamos o vinho numa aldeia de nome Loures, para rimar com a povoação de Vila Viçosa... Rolling Eyes
_________________
Alentejo uma paixão.
http://copod3.blogspot.com/
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website MSN Messenger
padrefrancisco



Joined: 18 Mar 2007
Posts: 481

PostPosted: Tue May 13, 2008 9:30 pm    Post subject: Reply with quote

A coisa está brava, carago.
Back to top
View user's profile Send private message
Rui Miguel



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 977
Location: Dão, Douro, Alcochete

PostPosted: Wed May 14, 2008 3:51 pm    Post subject: Reply with quote

Como ainda não comprei, qual é o vinho do mês?
_________________
Sem problemas, sem stress. Sempre Cool
http://pingasnocopo.blogspot.com
Back to top
View user's profile Send private message Visit poster's website MSN Messenger
Alentejano



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 1361
Location: Vila Viçosa, Alentejo

PostPosted: Wed May 14, 2008 5:18 pm    Post subject: Reply with quote

Conde d´Ervideira Reserva 2007 Branco a 5,95€
_________________
Alentejo uma paixão.
http://copod3.blogspot.com/
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website MSN Messenger
Frexou



Joined: 01 Apr 2006
Posts: 686
Location: Porto

PostPosted: Wed May 14, 2008 5:21 pm    Post subject: Reply with quote

A coisa está brava mesmo!

Alentejano, calma. Sei que és capaz de ferver em pouca água... Mas tens que pensar que muito provavelmente o A.Falcão não quis magoar ninguém.


Outro detalhe que vejo na RV é a nota de prova do Rosé Altas Quintas Crescendo 2007. O Rosé, que vai na sua segunda edição, NÃO TEM CONTACTO COM MADEIRA, APENAS É VINIFICADO EM INOX mas a nota de prova diz qualquer coisa como "NOTAS FUMADAS DA MADEIRA"....

Algo não bate certo
_________________
Até à última gota...
http://vinhodacasa.blogspot.com


Last edited by Frexou on Wed May 14, 2008 5:34 pm; edited 1 time in total
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website MSN Messenger
Alentejano



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 1361
Location: Vila Viçosa, Alentejo

PostPosted: Wed May 14, 2008 5:31 pm    Post subject: Reply with quote

Não quis magoar, mas uma pessoa quando escreve e tem responsabilidades tem de saber aquilo que escreve e sobre o que escreve.

Não se pode chamar a Vila Viçosa de povoação, eu como Calipolense sinto-me ofendido, afinal de contas não moro numa aldeia.
Diria o mesmo em relação a Évora, Lisboa ou qualquer outra localidade cidade etc ?
_________________
Alentejo uma paixão.
http://copod3.blogspot.com/
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website MSN Messenger
pbrandao
Site Admin


Joined: 01 Apr 2006
Posts: 1426
Location: Corroios

PostPosted: Sat May 17, 2008 5:58 pm    Post subject: Reply with quote

Frexou wrote:
A coisa está brava mesmo!

Outro detalhe que vejo na RV é a nota de prova do Rosé Altas Quintas Crescendo 2007. O Rosé, que vai na sua segunda edição, NÃO TEM CONTACTO COM MADEIRA, APENAS É VINIFICADO EM INOX mas a nota de prova diz qualquer coisa como "NOTAS FUMADAS DA MADEIRA"....

Algo não bate certo


Este comentário deixa-me a pensar... será que ao ler o contra-rótulo já se consegue estruturar como o vinho vai ser quando provado? Estruturar a nota de prova? Por não ter estágio em madeira, eliminamos à partida uma série de descriptores aromáticos, interiorizando que não há hipótese de lá estarem? É nisto que as provas cegas trazem vantagem, mas acho que teremos sempre de ir de espírito aberto quando se prova. E dizer que tem "notas fumadas da madeira" pode não querer dizer que o vinho esteve a estagiar na mesma mas que tem aromas de "notas fumadas da madeira" mesmo que possam ter tido outra origem. Era diferente dizer "notas fumadas da madeira onde estagiou", mas pode ser que a RV passe por aqui para esclarecer. Será a vinificação em Inox capaz de provocar isto, pela extracção dos componentes aromáticos da fruta? É uma dúvida interessante.

Frexou, já provaste o vinho? Se sim, não te pareceu em nada ter descriptores deste género?

Deixo aqui uma nota de prova do vinho mas da colheita de 2006, de alguém que todos consideramos idóneo Wink :

http://copod3.blogspot.com/2007/07/prova-altas-quintas-crescendo-ros-2006.html
_________________
Abraços

PBrandão
Web page com muita bacorada em http://bservices.homelinux.com/cov
NR: é mais o tempo que passa em baixo do que o acessível...
Um cantinho para a conversa em http://cov.s1.bizhat.com
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
Frexou



Joined: 01 Apr 2006
Posts: 686
Location: Porto

PostPosted: Mon May 19, 2008 9:23 am    Post subject: Reply with quote

Sim já provei o vinho na versão de 2006.
Se fosses à minha barra de pesquisa do meu blog encontravas lá.
Ou se fizesses pesquisa no Google por "altas quintas crescendo rosé" aparece logo em 1º lugar a minha nota de prova.
Ainda assim aqui fica o link para a prova. Smile
http://vinhodacasa.blogspot.com/2007/05/altas-quintas-crescendo-ros-2006.html
O ano passado deu polémica, que aliás fui eu um dos primeiros a questionar os aromas oriundos duma passagem pela madeira... Não me limitei a ler o rótulo. Falei por diversas vezes com o Director de Marketing das Altas Quintas ( João Pilão) e falei pessoalmente com o enólogo Paulo Laureano. Foi-me dito que o vinho não teve contacto algum com madeira. Foi me dito em Fevereiro passado pelo Paulo que o vinh de 2007 estava na mesma (com aromas tostados e fumados), mas que de madeira tinha ZERO.


A nota de prova da RV induz o consumidor em erro.
Eu não elimino descritores de prova, de acordo com a vinificação.

Sei muito bem como funciona o processo de envio de amostras do produtor Altas Quintas, pois envia amostras para muitos blog's. Além da garrafa vem sempre um Press Release, uma FichaTécnica completíssima e um CD com variada informação.
Uma revista como a RV, podia explicar na nota de prova que estes aromas eram curiosos, e que não provinham da madeira, principalmente por ser já a segunda edição deste curioso vinho.

A discussão do ano passado rolou por aqui...
http://novacritica-vinho.com/forum/viewtopic.php?t=5414&highlight=crescendo

Abraço.
PS - Não estou irritado, mas....
_________________
Até à última gota...
http://vinhodacasa.blogspot.com
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website MSN Messenger
pbrandao
Site Admin


Joined: 01 Apr 2006
Posts: 1426
Location: Corroios

PostPosted: Mon May 19, 2008 2:43 pm    Post subject: Reply with quote

Nem tens nada de tar irritado. Não estava a por em questão as tuas qualidades de provador nem o que colocas no teu blog. A questão sobre as notas de prova era genérica e a pergunta para todos, inclusivamente perguntei-me (pergunto-me) a mim mesmo, se pela ausência de referência a madeira nos rótulos não iremos logo "pré-formatados" para não procurar ou não estar receptivos a aromas que esperamos que daí advenham.
Estava a levantar uma dúvida interessante sobre se haveria a possibilidade de vinhos sem passagem pela madeira desenvolverem características como tal. E fiz-te perguntas, para esclarecermos esse factor, e não para te irritar ou colocar qualquer dúvida sobre ti.
Não deverias levar isso a título pessoal, e se o fizeste, foi mal interpretado e não foi essa a intenção. Poderias com o teu texto ser muito mais educativo, e se realmente tens acesso a tanta informação sobre o vinho, mais motivos para poderes construtivamente contribuires para o diálogo.
Quanto à nota de prova que referi, do nosso compadre Alentejano, foi a primeira que encontrei na minha pesquisa, e não uso o Google, uso a minha lista de apontadores pessoais para sites que gosto de ler sobre vinhos. E foi o primeiro que apanhei na minha lista. Não me interesso sobre se o Google mete primeiro A ou B, porque acho que o Google ainda não tem capacidade e não prova vinhos para saber como ordenar a coisa correctamente Laughing
_________________
Abraços

PBrandão
Web page com muita bacorada em http://bservices.homelinux.com/cov
NR: é mais o tempo que passa em baixo do que o acessível...
Um cantinho para a conversa em http://cov.s1.bizhat.com
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
Alentejano



Joined: 26 Apr 2006
Posts: 1361
Location: Vila Viçosa, Alentejo

PostPosted: Mon May 19, 2008 3:01 pm    Post subject: Reply with quote

Em prova cega ninguém consegue não dizer que o vinho não tem madeira, pelo menos tudo indica que a tem bem presente no nariz, já na boca nem tanto.

Quanto ao Crescendo Rosé 2007 não sei se fui o primeiro a provar ou o primeiro a questionar se tinha ou não madeira... mas não devo ter sido, visto que não tive direito a chupa-chupa, apesar de ter falado pessoalmente com o Sr. Luís Lourenço e o Sr. João Cancella de Abreu.

A minha teoria é outra, é um terroir muito presente em todo o vinho, devido aos incêndios e queimadas que se têm feito nas parcelas ao pé da vinha, as plantas absorveram esse toque de fumo que tanto confunde os provadores. Já o toque mineral e a frescura do vinho branco vem daquela nascente que passa por debaixo de toda a vinha.

Quanto à discussão se o vinho tem aromas torrados e não passa por madeira, de interesse para mim tem pouco. Gosto mais de apreciar o vinho em boa companhia do que andar a tentar ganhar chupa-chupas.
_________________
Alentejo uma paixão.
http://copod3.blogspot.com/
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website MSN Messenger
João Geirinhas



Joined: 22 May 2006
Posts: 90

PostPosted: Tue May 20, 2008 2:49 pm    Post subject: Revista de Vinhos Reply with quote

Frexou wrote:
A nota de prova da RV induz o consumidor em erro.
Eu não elimino descritores de prova, de acordo com a vinificação.

Sei muito bem como funciona o processo de envio de amostras do produtor Altas Quintas, pois envia amostras para muitos blog's. Além da garrafa vem sempre um Press Release, uma FichaTécnica completíssima e um CD com variada informação.
Uma revista como a RV, podia explicar na nota de prova que estes aromas eram curiosos, e que não provinham da madeira, principalmente por ser já a segunda edição deste curioso vinho.


Bom, como calculam eu passo por cima da discussão pequenina «da minha pilinha é maior que a tua" (Engraçado como gente que acabou de chegar já como começa a ter tiques de "raposa velha". Adiante.

O Frexou, se é leitor regular da RV há algum tempo, deveria saber que a informação comercial recebida dos produtores não aquece nem arrefece no comentário da nota de prova dos painéis temáticos pois estas são cegas. E não vejo em que medida dizer que o vinho tem notas fumadas de madeira "engana o leitor" quando é o próprio Frexou que confessa que pode não ter madeira mas lá que cheira, cheira....
Mas afinal a discussão era sobre....?

JG
Back to top
View user's profile Send private message
Display posts from previous:   
This forum is locked: you cannot post, reply to, or edit topics.   This topic is locked: you cannot edit posts or make replies.    Clube Optimus Vinhos Forum Index -> O Néctar All times are GMT
Page 1 of 1

 
Jump to:  
You cannot post new topics in this forum
You cannot reply to topics in this forum
You cannot edit your posts in this forum
You cannot delete your posts in this forum
You cannot vote in polls in this forum


Powered by phpBB © phpBB Group. Hosted by phpBB.BizHat.com

vShare YouTube Clone Script

Free Web Hosting | Free Forum Hosting | Photo Gallery | FreeMarriage.com

Powered by PhpBB.BizHat.com, setup your forum now!
For Support, visit Forums.BizHat.com